Golpe do Falso Motorista: Saiba Como Proteger-se ao Pedir Carros por Aplicativos

O avanço da tecnologia trouxe inúmeras facilidades para o nosso cotidiano, e os aplicativos de transporte são um exemplo claro disso. Porém, junto com a conveniência, além disso, surgiram novas modalidades de golpes que colocam em risco a segurança dos usuários.

Consequentemente, os consumidores precisam estar mais atentos. Portanto, é essencial estar informado sobre os riscos. Ademais, buscar utilizar apenas aplicativos confiáveis pode minimizar os perigos. Em suma, a tecnologia avança, mas a cautela deve ser mantida.

Entre as fraudes mais recentes e preocupantes está o golpe do falso motorista de aplicativo. Entenda como funciona esse esquema e conheça outras armadilhas ao solicitar um carro.

Como Funciona o Golpe do Falso Motorista de Aplicativo

O golpe do falso motorista de aplicativo ocorre quando criminosos se passam por motoristas cadastrados nas plataformas de transporte para enganar e roubar passageiros. Primeiramente, eles utilizam diversas táticas para atrair as vítimas, incluindo a manipulação de informações nos aplicativos.

Além disso, os criminosos recorrem até mesmo à falsificação de documentos e perfis. Consequentemente, as vítimas acabam confiando nos falsos motoristas. Posteriormente, elas são levadas a locais isolados. Por fim, os criminosos realizam o roubo de seus pertences.

Uma das maneiras mais comuns de execução desse golpe é através da clonagem de contas de motoristas legítimos. Os golpistas conseguem acessar dados pessoais e utilizam essa informação para criar perfis falsos, que parecem legítimos aos olhos dos passageiros.

Com isso, eles aceitam corridas e, ao encontrar a vítima, realizam o roubo de pertences ou, em casos mais graves, sequestram a pessoa para extorquir dinheiro.

Outras Armadilhas ao Pedir Carros por Aplicativos

Além do golpe do falso motorista, há outras fraudes e perigos que usuários de aplicativos de transporte devem estar atentos:

  • Fraudes com Pagamentos: Alguns criminosos aproveitam a vulnerabilidade dos sistemas de pagamento para realizar cobranças indevidas. Isso pode incluir o uso de maquininhas de cartão adulteradas que duplicam as transações ou a cobrança de valores excessivos alegando problemas técnicos no aplicativo;
  • Corridas Falsas: Outra armadilha comum envolve a aceitação de corridas por motoristas que, na verdade, não têm intenção de completar a viagem. Eles iniciam a corrida no aplicativo e, em seguida, cancelam após um tempo, cobrando a taxa de cancelamento do passageiro;
  • Perfis Falsos: Perfis falsos de motoristas também representam um grande risco. Esses perfis podem atrair passageiros para locais isolados, onde ficam mais vulneráveis a assaltos ou sequestros.

Dicas para se Proteger

Para minimizar os riscos ao utilizar aplicativos de transporte, adote algumas medidas de segurança:

  1. Verificar Informações: Sempre confira se as informações do motorista, como nome e placa do veículo, correspondem às exibidas no aplicativo;
  2. Compartilhar Viagem: Utilize a função de compartilhamento de viagem com amigos ou familiares, informando seu trajeto e tempo estimado de chegada;
  3. Avaliar Motoristas: Prefira motoristas bem avaliados e evite embarcar em veículos de motoristas com poucas ou negativas avaliações;
  4. Monitorar Transações: Fique atento a qualquer cobrança indevida e, em caso de suspeita, entre em contato imediatamente com o suporte do aplicativo.

A conscientização sobre esses golpes e a adoção de medidas preventivas são, portanto, essenciais para garantir a segurança dos usuários de aplicativos de transporte. Além disso, esteja sempre alerta e informe, imediatamente, às autoridades competentes caso se depare, eventualmente, com situações suspeitas.

Imagem: Reprodução/Internet